fbpx

SaaS dá Samba!

empresas saas
Compartilhe

Conteúdo oferecido por

logo vindi

Publicamos recentemente, um estudo exclusivo sobre empresas SaaS no Brasil. Espero que esse material (e outros que virão dessa primeira versão) possa ajudar investidores, empreendedores e entusiastas de software no Brasil.

Há 9 anos, atendemos aqui na Vindi, empresas desse modelo. Para ser mais específico, quase 30% do nosso negócio, do ponto de vista de receita, são provenientes de empresas do modelo SaaS, que nos confiaram nessa trajetória, a responsabilidade de ser o billing e a plataforma de cobrança. Por isso, aconteceu de forma natural, essa nossa “pequena paixão” por estudar e analisar softwares que escalam.

Aliás, nada mais poderoso em tecnologia, do que um software com capacidade de escalar e impactar diversos negócios.

SaaS e M&A no Brasil

O material, entitulado de “SaaS e M&A no Brasil”, é um fruto de uma pesquisa que começamos em 2020, juntando uma lista de todos os acordos de empresas SaaS brasileiras da última década. Para amparar a pesquisa e tirar um pouco do viés empreendedor, chamei o time do Safra Investment Bank, que tem bastante insumo sobre o setor, os fundos de venture capital Crescera e SaasHolic, para nos apoiar na validação do documento e na elaboração das análises.

De quebra o Manoel Lemos, outro entusiasta do tema, abre o conteúdo com o prefácio: “SaaS dá samba!” Tomei inclusive, a liberdade de usar essa frase nesse artigo 🙂

Por alguns motivos óbvios, não posso publicar a lista completa com valores e detalhes das transações, mas prometo sempre soltar análises e reflexões conforme a lista (que é muito “viva”) vá se transformando.

A maior reflexão do conteúdo (que pode servir como uma luva para fundadores em negociação de deals e em funding) é que as empresas SaaS são, historicamente, as mais adquiridas. São as empresas que mais aparecem em números de transações de fusões e aquisições no Brasil. Isso mostra a maturidade, importância e impacto em empreendedores que fazem software por aqui.

Tá aqui nosso convite especial, para você conhecer o primeiro conteúdo desse estudo.

Rodrigo Dantas, CEO da Vindi

OPINIÃO

Veja todas as opiniões