fbpx
Compartilhe

Cuidar da beleza é muito mais do que ter uma boa aparência. Reservar um tempinho para si mesmo e ter rotinas de autocuidado ajudam a elevar a autoestima, promover o bem-estar e até melhorar o humor e renovar as energias. Talvez por isso o setor não pare de crescer.

O mercado das beautytechs, como são chamadas as startups que desenvolvem soluções para a indústria da beleza, movimentou US$ 2,1 bilhões no mundo em 2020, segundo o Crunchbase – US$ 900 milhões a mais do que no ano anterior. A categoria é bastante abrangente, com soluções que vão desde cosméticos e perfumes a itens para pele, cabelo e higiene pessoal.

No Brasil, mesmo com o trabalho remoto e as máscaras contra a Covid-19, as vendas de produtos de cuidados com a pele saltaram 21,9% em 2020, em relação ao ano anterior, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec). O país é o quarto maior mercado de beleza e cuidados pessoais do mundo, segundo o a Euromonitor International, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, da China e do Japão. 

Por aqui, essas startups disputam espaço com gigantes como Natura & Co, Grupo Boticário, Unilever e L’Oréal, além de outros nomes internacionais que também marcam presença por aqui. Com tecnologia, personalização e muita presença digital, elas ganham força ao olhar para nichos específicos como forma de se aproximar das comunidades e fidelizar clientes. Veja, a seguir, 5 beautytechs que já acompanham essa tendência:

1. Be Beleza Tech

App Be Beleza Tech
Foto: Divulgação/Google Play

Fundada em 2020 por Carolina Habeyche, a Be Beleza Tech criou um app gratuito que usa realidade aumentada e reconhecimento facial para ensinar os usuários a se maquiar, rotinas de beleza e skincare. Os tutoriais vão de um delineado gatinho a preparação de pele, sobrancelha, contorno e blush, criados de forma 100% personalizada para as características de cada rosto.

Com 1 ano de operação, a startup entrou para o grupo de aceleradas do programa GB Ventures, do Grupo Boticário, e em março de 2022 levantou R$ 1 milhão da associação de investimento-anjo BR Angels Smart Network. A companhia pretende aumentar a base de usuários ativos de 25 mil para 300 mil até o fim do ano e lançar um e-commerce interativo conectando consumidores a marcas e revendedoras de beleza que poderão criar vitrines virtuais e vender diretamente pelo app.

2. Nude Seu Tom

A Nude nasceu com a missão de reconectar pessoas negras aos rituais de beleza e autocuidado. Para isso, a startup criou um clube de assinaturas que oferece caixinhas mensais com itens para cabelos, pele e maquiagem específicos para esse público. Alô, UAUBox!

A jornada começa com um formulário online onde o cliente indica seu tom de pele, tipo de cabelo, estilos e preferências. Com base nas respostas, uma equipe de maquiadoras, trancistas e cabeleireiras faz a curadoria dos produtos e envia, a cada mês, entre 8 e 10 itens ideais para cada perfil de beleza.

O negócio foi fundado em maio de 2021 por Adrivania Santos e Najla Souza e em menos de 1 mês atraiu 400 pessoas interessadas nas caixinhas de autocuidado. Hoje são 976 assinantes e mais de 2.000 pessoas na lista de espera. Em março deste ano a startup foi selecionada no programa de aceleração de negócios de empreendedoras negras do instituto Feira Preta em parceria com o Facebook.

3. CARE Natural Beauty

A CARE desenvolve cosméticos orgânicos, veganos, livre de toxinas e sem testes em animais. O portfólio inclui itens de maquiagem e skincare para diferentes perfis e tipos de pele. Reforçando sua pegada sustentável, os produtos são enviados em embalagens recicláveis e a startup se encarrega de compensar a emissão de carbono das entregas.

Para quem não sabe muito bem como começar a sua jornada de autocuidado, a startup criou um quiz online que sinaliza quais são os produtos ideais para o seu tipo de pele. Além disso, disponibiliza um guia exclusivo com dicas para o skincare. No e-book gratuito, o cliente aprende o passo a passo de cuidados com a pele durante o dia e a noite, e acessa um planner para organizar sua rotina de cuidado.

Fundada em 2018 por Patrícia Camargo e Luciana Navarro, a CARE participou do programa de aceleração da Sephora, no Vale do Silício, em seu primeiro ano de vida. Recentemente, a startup levantou R$ 7 milhões pela gestora Order Venture Capital com o objetivo de faturar R$ 25 milhões em 2022 e R$ 200 milhões em 5 anos.

4. Dr. Jones

Produtos de higiene e beleza da marca Dr Jones com fundo azul
Foto: Divulgação

Especializada no segmento de men care (beleza e cuidados masculinos), a Dr. Jones nasceu para quebrar os estereótipos e preconceitos do homem e sua relação com a beleza e a higiene. Criada em 2013 por Andre Papoutchi e Guilherme Campos, a startup desenvolve soluções de skincare, cuidados com a barba, aparelhos de barbear, itens para os cabelos e para o corpo, disponíveis de forma avulsa, em kits ou planos de assinatura.

A companhia quase triplicou suas vendas em 2020, chegando a R$ 3,3 milhões. Em 2021, mais um salto, alcançando a marca dos R$ 7,3 milhões. Depois de somar 70 mil clientes ativos no último ano, a projeção é que as vendas passem de R$ 20 milhões em 2022 e R$ 50 milhões em 2023. 

Em fevereiro, a startup abriu uma oferta de crowdfunding na plataforma Kria com o objetivo de captar R$ 3,5 milhões e até o momento arrecadou pouco mais de R$ 2 milhões. Ao longo de sua trajetória, a Dr. Jones levantou cerca de R$ 11,5 milhões em aportes da Astella e Igah Ventures.

5. 3,2,1 Beauty

Espaço de beleza 3,2,1 Beauty
Foto: Divulgação

O cuidado com a beleza também pode fazer parte da rotina agitada no mundo corporativo. É com essa premissa que Cecilia Ribeiro fundou a 3,2,1 Beauty, startup que oferece serviços de manicure, sobrancelhas, massagem, barbearia, yoga, botox, limpeza de pele, escova, entre outros, como benefício corporativo para mais de 60 empresas nacionais e multinacionais.

A companhia atende de forma itinerante em uma sala de reunião ou outro espaço livre nos escritórios. Para ajudar os colaboradores a construírem rotinas de cuidado, a equipe cria programas com a frequência e os serviços que melhor atendem às necessidades do funcionário. Além disso, fornece dashboards para que eles meçam os resultados do benefício.

Além de atender clientes como Nubank, 99, Microsoft, Bradesco, Google e Petrobras, a 3,2,1 Beauty também monta seus salões de beleza em áreas comuns de condomínios e tem espaços físicos em São Paulo e no Rio de Janeiro.

E aí, se animou para reservar alguns minutos do seu dia para cuidar da beleza e autoestima?

OPINIÃO

Veja todas as opiniões