fbpx
Compartilhe

Menos de 1 ano depois de ser criado – e com 1 ano de antecedência do prazo que ele tinha disponível para – o SPAC Alpha Capital fez o seu de-SPAC.

Isso significa que o veículo cumpriu o objetivo de encontrar uma companhia para comprar e se fundir. O alvo foi a Semantix, empresa brasileira que atua na área de análise de dados. A atual equipe de gestão da companhia continuará à frente do negócio, que vai operar com o símbolo STIX.

A operação ainda precisa ser aprovada pelos investidores do SPAC, mas, não deve haver nenhum impeditivo, como normalmente acontece nessas operações. “Tanto os patrocinadores da Alpha Capital quanto os investidores do PIPE reconhecem esta oportunidade e o potencial de crescimento exponencial”, disse Alec Oxenford, que comanda o Alpha Capital, em comunicado. “Leonardo e sua equipe tornaram a Semantix líder em mais de 20 mil empresas de tecnologia na América Latina e acreditamos que ela pode se tornar uma força global”, completou.

Um bilhão de dólares

Com a operação, a companhia chegou à Nasdaq com um valor de mercado próximo a US$ 1 bilhão – sendo US$ 693 bilhões de valor de mercado da empresa e US$ 324 milhões referentes ao caixa injetado para concluir a operação. Do valor do caixa, US$ 230 milhões são da Alpha Capital, provenientes de sua oferta de ações em fevereiro/21.

O SPAC foi criado com investimento da Innova Capital, fundo de investimento de Veronica Serra, e do FJ Labs, do fundador da OLX, Fabrice Grinda. O veículo também recebeu recursos de Irwin Jacobs, co-fundador e ex-presidente da Qualcomm. A proposta era comprar uma participação minoritária em negócios que tenham valor de mercado entre US$ 600 milhões e US$ 1,5 bilhão. Foram avaliadas mais de 40 empresas.

“Fundamos a Alpha Capital para dar a alguns dos melhores empreendedores da América Latina um novo acesso ao capital em estágio avançado para que possam desbloquear todo o potencial de suas ideias, acelerar o crescimento e se tornar um player global”, disse Rafael Steinhauser, cofundador, presidente e diretor da Alpha Capital, em comunicado.

Esta é a 1ª transação dos veículos criados nos últimos 12 meses para levar empresas latinas à bolsa nos EUA. Ainda estão em fase de busca os veículos da SoftBank, da Valor Capital e da Kaszek e do Mercado Livre.

A Semantix

A Semantix espera obter receita de cerca de US$73 milhões em 2022 com mais de 300 clientes em mais de 15 países. Em 2020, a receita foi de R$ 200 milhões. No começo do ano ela anunciou a compra da LinkApi, uma transação estimada em R$ 100 milhões, incluindo earn out em 3 anos. A ideia era dar a ela conexão rápida a outras plataformas. Na época, a LinkAPI dizia ter conexão com mais de 3 mil fontes de dados.

Também naquele momento, a Semantix anunciou que tinha contratado o Credit Suisse para procurar novos investidores para a sua operação.

O banco atuou como assessor financeiro exclusivo da Semantix na operação com a Alpha Capital, com Skadden, Arps, Slate, Meagher & Flom LLP atuando como assessor jurídico fora do Brasil e o Pinheiro Neto Advogados por aqui.

O Citibank atuou como consultor de mercado de capitais para a Alpha Capital. O Davis Polk & Wardwell LLP foi o consultor jurídico internacional e o Mattos Filho para assuntos brasileiros.

A Semantix tinha como investidores minoritários a gestora Crescera e o Inovabra Ventures, do Bradesco, que manterão posições diluídas com a listagem.

ANÁLISES

Veja todas as análises