fbpx
Compartilhe

O boostLAB, hub de negócios para empresas tech do BTG Pactual, apresentou as startups escolhidas para participarem da nona edição de seu programa de conexão e potencialização, em parceria com a ACE Startups. Das 501 empresas inscritas, o Batch #9 vai reunir 9 delas, incluindo a primeira startup latino-americana participante do projeto: a colombiana Advance

Serão 3 meses de mentorias com especialistas e convidados para, em julho, as startups se apresentarem no demoday, em que mostram o seu propósito e começam a trabalhar nos próximos passos de suas parcerias.

O boostLAB acontece duas vezes por ano e já potencializou mais de 60 startups, incluindo um exit: a venda da legaltech Digesto para a JusBrasil em 2021. Finpass, Spinet Bank, iClubs, e a insurtech Pier também estão na lista das startups investidas pelo programa.

Conheça as 9 scale-ups selecionadas para o Batch #9 do boostLAB:

Advance

Plataforma de bem-estar financeiro e líder em antecipação de salários na Colômbia. Procura melhorar a saúde financeira dos trabalhadores e oferece programas de educação financeira que procuram reduzir o endividamento.

Agroforte

Primeira agfintech de crédito para pequenos e médios produtores na cadeia de proteína animal. Seu objetivo é se tornar o principal banco digital completo para o campo e promover a inclusão financeira completa no campo (produtor e família).

Ali Crédito

Fintech focada em crédito consignado privado. A plataforma digital facilita o acesso ao empréstimo consignado, de acordo com o histórico de pagamento do tomador do crédito.

BHub

Fundada por Jorge Vargas Neto, a BHub oferece soluções completas de back office no modelo SaaS de assinatura mensal. A startup quer ser para pequenas e médias empresas o que provedores de serviços de terceirização são para grandes companhias.

Dio

Plataforma de aprendizado contínuo em desenvolvimento de software que conecta os melhores talentos com as oportunidades das empresas mais inovadoras do mercado. No início deste ano, levantou um seed de R$ 7 milhões com a Graphene Ventures com o objetivo de levar a plataforma para 2 milhões de pessoas na América Latina em 2022.

Inspectos

Startup de tecnologia especializada na captura e processamento de informações obtidas de forma remota, garantindo a digitalização de vistorias ou inspeções de bens móveis e imóveis, com maior aceitação no mercado de seguros e financeiro.

Klavi

Plataforma de Open Finance que possibilita a portabilidade de dados financeiros de pessoas físicas e jurídicas. A ideia é desburocratizar e democratizar a utilização de dados. Na prática, a startup ajuda consumidores conectarem seus dados com as empresas e ajuda empresas a usarem esses dados.

Legiti

Plataforma anti-fraude que utiliza inteligência artificial e modelos preditivos para tornar e-commerces mais seguros. Atualmente a startup presta serviço para clientes como Daki, Gringo, Zee.Now, entre outros. Recentemente recebeu R$ 42 milhões em rodada liderada pelos fundos Kaszek Ventures, GFC, Iporanga e Picus Capital.

Mola

A fintech pernambucana desenvolveu uma plataforma que acompanha toda a jornada dos correspondentes bancários. Uma das vantagens do produto é a possibilidade de adição de novos produtos de crédito de diferentes bancos e instituições. Em novembro/21 captou R$ 12 milhões para ampliar canais e facilitar a concessão de crédito em série A do Kinea Ventures e de sócios da Hix Capital.

OPINIÃO

Veja todas as opiniões