fbpx
Compartilhe

A estratégia de expansão do BTG Pactual continua agressiva. O banco de investimentos, que já vale mais de R$ 100 bilhões, anunciou a compra de 100% da Fator Corretora. O valor do negócio, no entanto, não foi divulgado. O acordo não inclui os negócios do Banco Fator, Fator Seguradora e a Fator Asset Management, que seguirão operando totalmente independentes e utilizando a marca Fator. Já a Fator Corretora, será totalmente absorvida pelo BTG Pactual.

Segundo o banco, a aquisição lhe dará maior consolidação no segmento de assessoria de investimentos, permitindo ganhar ainda mais escala, com diluição de custos, ganhos de eficiência, sinergia e produtividade.

“Agora, toda a estrutura tecnológica do BTG Pactual, na qual já investimos mais de R$ 1 bilhão, estará à disposição dos assessores e clientes da Fator Corretora“, afirmou Marcelo Flora, sócio responsável pelo BTG Pactual Digital, em comunicado. Para a Fator Corretora, o negócio visa focar e reforçar sua atuação na gestão de recursos, seguros e banco de investimento.

A conclusão da compra depende das aprovações regulatórias necessárias, inclusive do Banco Central.

Investimentos pessoais em alta

O interesse do BTG Pactual por uma corretora acompanha a crescente procura de munição para oferecer mais opções de investimento para os brasileiros com o cenário de juros baixos no país.

BTG e XP vêm travando uma disputa pela compra de escritórios de agentes autônomos. Na semana passada, a Warren, dos ex-XP Tito Gusmão e Marcelo Maisonnave, recebeu uma rodada de R$ 300 milhões para reforçar sua proposta de antagonista à BTG e XP.

Em julho do ano passado, a Neon Pagamentos adquiriu a corretora mais antiga do Brasil, Magliano Invest. Poucos meses depois, o Nubank anunciou a compra da Easynvest, com 1,5 milhão de clientes.

 

OPINIÃO

Veja todas as opiniões