fbpx

Junte-se agora e acesse (antes de todos) as principais notícias de tecnologia e startups. clique aqui

Cabify vai encerrar operação no Brasil em junho

O aplicativo de transporte espanhol Cabify - lembra dele? - vai deixar de operar no Brasil a partir de 14 de junho

Por Gustavo Brigatto, em 23 de abril de 2021

0Shares

O aplicativo de transporte espanhol Cabify – lembra dele? – vai deixar de operar no Brasil a partir de 14 de junho. O fim da operação foi comunicado a clientes em e-mail enviado agora pela manhã.

“Estamos tristes em dizer-lhes isto… mas isto não é o fim do caminho! Você ainda poderá viajar conosco até a data de encerramento. E também estamos disponíveis para você em todas as outras cidades que seguimos operando na América Latina e Espanha. E depois de tanto tempo viajando juntos, não queremos terminar este e-mail assim sem mais nem menos. Por isso, aproveitamos esta oportunidade para lhe dizer em alto e bom som: MUITO OBIRGADO POR ESTA VIAGEM”, escreveu a companhia.

O hoje unicórnio espanhol desembarcou no Brasil em 2016 como o quarto player do mercado, disputando com Uber, 99 e Easy Taxi. Três anos depois, a companhia comprou a Easy Taxi em uma tentativa de ampliar sua presença. Mas acabou nunca conseguindo evoluir da posição de um distante 3º colocado. Com uma estratégia de expansão bairro a bairro, a companhia acabou sendo muito lenta e ficou para trás em relação aos líderes. Com pouca escala e sem muitos diferenciais, ela não conseguiu atrair um volume muito grande de usuários, nem de motoristas, fatores primordiais para atuação nesse segmento.

Em entrevista com o fundador da companhia, Juan de Antonio, em 2017, ele me disse que o Brasil tinha se tornado o maior mercado para a companhia entre os 13 países em que ela atuava naquele momento. O plano era investir US$ 200 milhões por aqui entre 2017 e 2018. Ano passado, o Cabify anunciou ter se tornado o primeiro aplicativo de transporte no mundo a chegar à rentabilidade.

 

Jornalista com mais de 15 anos de experiência acompanhando os mundos da tecnologia e da inovação, com passagens pelo DCI, Sebrae-SP, IT Mídia e Valor Econômico. Fundador e Editor-Chefe do Startups.com.br.