fbpx

Junte-se agora e acesse (antes de todos) as principais notícias de tecnologia e startups. clique aqui

Com aporte de R$ 130 mi da Riverwood, Intelipost faz seu primeiro M&A e se une à AgileProcess

Por Gustavo Brigatto, em 8 de dezembro de 2020

0Shares

Era fevereiro e tudo parecia promissor para o ano na Intelipost. Depois de quatro anos desde sua última rodada de investimento, a companhia havia fechado uma captação de R$ 130 milhões com a Riverwood Capital. Era só começar a gastar.

Mas veio a pandemia e os planos tiveram que ser alterados. “Tivemos que refazer as contas. Mas foi bom ter essa segurança financeira. Deu conforto para crescer com o comércio eletrônico, que avançou de forma não prevista por conta da pandemia”, conta Stefan Rehm, fundador e presidente da Intelipost. De acordo com ele, de março para cá, a companhia cresceu 100% em termos de pedidos, chegando a 19 milhões por mês. “A visão de longo prazo é que todos os pacotes na América Latina passem por sistemas nossos”, diz Rehm.

A Intelipost tem produtos como cálculo de frete, logística reversa, gestão de envios e auditoria de processos. Ela atende 4 mil lojas online (como Renner, Riachuelo, ViaVarejo e Drograria São Paulo) e tem 250 funcionários.

A estes profissionais estão se juntando mais 50 da AgileProcess, empresa de Florianópolis à qual a Intelipost está se fundindo. Segundo Rehm, a operação tem esse formato porque, apesar de a Intelipost ser maior, a Agile se manterá como uma operação independente e seus sócios continuarão como sócios do novo negócio – em definitivo, sem previsão de earn out.

A operação já estava nos planos da rodada fechada em fevereiro, mas foi concluída há cerca de um mês. Segundo Rehm, os anúncios foram feitos juntos agora porque a companhia tinha outras coisas na cabeça nos últimos meses – traduzindo: manter o barco andando em um momento de tanta turbulência.

Fundada em 2014, a Intelipost tinha recebido duas rodadas de investimento até agora: uma de US$ 1,3 milhão da Project A Ventures, em 2014, e outra, de US$ 3,4 milhões, da Performa Investimentos, em 2016. Rehm não diz como o quadro societário ficou após a nova rodada.

Com a maior parte de sua clientela composta por transportadoras, a Agile complementa o portfólio da Intelipost com serviços de roteirização e rastreamento em tempo real de entregas. “Dá pra criar uma experiência tipo Uber e Rappi, na qual o consumidor vê o pacote chegando na sua casa”, diz Rehm.

Sobre as expectativas de crescimento, ele diz que os números ainda não estão fechados, mas que o plano é avançar bastante, ampliando todos os times. “A logística é um campo muito amplo. Apesar dos investimentos feitos em estruturas próprias por grandes nomes do varejo [Amazon, Mercado Livre e Magazine Luiza], eles não conseguem cobrir 100% do necessário, então contratam do mercado. E acredito que nós temos os melhores produtos”, diz.

Jornalista com mais de 15 anos de experiência acompanhando os mundos da tecnologia e da inovação, com passagens pelo DCI, Sebrae-SP, IT Mídia e Valor Econômico. Fundador e Editor-Chefe do Startups.com.br.