fbpx

Junte-se agora e acesse (antes de todos) as principais notícias de tecnologia e startups. clique aqui

Com caixa cheio, Acesso Digital contrata ex-Google e Facebook para liderar engenharia

Por Gustavo Brigatto, em 24 de novembro de 2020

0Shares

A Acesso Digital “repatriou” a brasileira Fernanda Weiden, que nos últimos 15 anos trabalhou no Google e no Facebook no Vale do Silício, na Inglaterra e na Suíça. Ela ocupará a recém-criada vice-presidência de engenharia da companhia especializada em tecnologias de identificação digital. Ela vai trabalhar a partir de Zurique, na Suíça, onde mora atualmente.

A chegada de Fernanda faz parte do plano da Acesso de investir pesado no desenvolvimento de tecnologias próprias. Em agosto, a companhia comprou a gaúcha Meerkat, dona de um motor de reconhecimento biométrico que vai substituir as tecnologias que a Acesso atualmente licencia de outros fornecedores. Outras aquisições estão no radar.

A estratégia é financiada pelos R$ 620 milhões que a companhia levantou em dois momentos: R$ 40 milhões com a Igah (antiga e.bricks) e R$ 580 milhões com a General Atlantic e a SoftBank.

Com experiência na infraestrutura tecnológica por traz de serviços como WhatsApp e a pesquisa do Google (ela estava na empresa quando o serviço alcançou um bilhão de requisições por segundo) Fernanda terá como missão de criar uma visão de longo prazo e preparar a base tecnológica para o crescimento da Acesso. “Não estou aqui para ficar igual ao Facebook. Quero achar uma cultura de engenharia própria. O mundo não precisa de outro Vale do Silício. Vivemos em outro paradigma de disponibilidade de tecnologias”, diz.

Segundo ela, ao longo do próximo ano o time vai pelo menos dobrar de tamanho, chegando a 140 pessoas. “Preciso de pessoas de todo tipo [frontend, backend, infraestrutura, scrum master etc.]. Tudo que eu tenho hoje eu tenho que ter mais para dobrar a equipe”, diz. Segundo ela, a contratação de pessoal remoto de fora do Brasil não está descartada, mas o foco é a busca de talentos locais.

No momento, ela está estruturando um programa de desenvolvimento de carreira, com remuneração agressiva e participação acionária. “Objetivo é montar o time de engenharia mais forte do Brasil”, diz.

Fernanda começou a trabalhar com a Acesso Digital como consultora ano passado logo depois que saiu do Facebook. “Eu via que minhas responsabilidades no Facebook estavam crescendo, mas eu tinha projetos pessoais e acabei optando por dar uma parada na carreira. Fazia 2 anos que eu queria engravidar”, diz. O brake, no entanto, durou pouco. Logo que voltou da licença maternidade ela foi conversar com os fundadores da Acesso. Do papo veio a proposta para que ela assumisse mais responsabilidades na companhia.

“Contar com a Fernanda vai nos permitir criar produtos inovadores para a proteção da identidade digital dos brasileiros e manter o compromisso que está em nosso DNA, que é a valorização das pessoas que fazem a Acesso Digital”, diz Diego Martins, cofundador e presidente da companhia.

Jornalista com mais de 15 anos de experiência acompanhando os mundos da tecnologia e da inovação, com passagens pelo DCI, Sebrae-SP, IT Mídia e Valor Econômico. Fundador e Editor-Chefe do Startups.com.br.

error: Este é um conteúdo protegido por direitos autorais