fbpx
Compartilhe

A ContaÁgil quer pisar fundo na sua aquisição de clientes – um percentual esperado de 300% em 2022 em relação a 2021. Para isso, a startup de soluções de contabilidade acabou de receber um aporte de R$ 1,8 milhão de um pool de investidores formado por Ventiur, Urca Angels, Domo Invest, Bossanova e Poli Angels. Estas companhias já eram investidoras da ContaÁgil e ampliaram sua participação na nova rodada.

Conforme destacou em nota o cofundador e CEO da startup, Fábio Marques Pereira, o valor será empregado em esforços para expandir a carteira de clientes e em tecnologia, a fim de melhorar os processos de utilização da plataforma.

“Buscávamos inicialmente R$ 1 milhão, mas fomos contemplados com quase o dobro. Este reforço de capital nos oportunizará fechar 2022 com um crescimento de 300% em relação a 2021 e buscar taxas ainda mais altas nos próximos anos”, afirma.

A meta de quadruplicar sua base de clientes é um salto em relação ao atual ritmo de crescimento da empresa, que tem ampliado a base de usuários em um ritmo de 15% ao mês e acaba de superar a marca de mil clientes ativos. De qualquer forma, é um desafio grande crescer em um mercado bastante povoado, inclusive com diversas empresas com a palavra “Conta” no nome.

Fundada em 2018 em Canoas (cidade na Grande Porto Alegre) por três sócios egressos do mercado de contabilidade e tecnologia, a ContaÁgil está presente em 17 estados e integrada a mais de 100 municípios. Atualmente, a startup tem 43 colaboradores, incluindo os outros cofundadores, Rubens Oleinski e Diógenes da Rosa.

Diogenes da Rosa, Fabio Marques Pereira e Rubens Oleiski, cofundadores da ContaÁgil

Para ganhar mercado, a startup aposta em um produto que combina serviços contábeis, gestão das rotinas tributárias, conta digital para pessoa jurídica e plataforma para gestão financeira de empresas, com opções como geração de boletos e emissão de notas fiscais. “Buscamos resolver de uma forma simples a contabilidade de pequenos negócios, integrando soluções financeiras e de bancarização para tornar mais ágil e seguro o ato de empreender”, pontua Fábio.

A ContaÁgil teve o seu primeiro investimento em 2020, quando participou de um processo de aceleração da Ventiur, captando R$ 200 mil. Em 2021, a empresa recebeu R$ 1,3 milhão de Domo, Bossanova, Urca e Poli Angels, o que possibilitou uma ofensiva comercial e o aperfeiçoamento da tecnologia.

Apesar da Ventiur ser a líder da atual rodada, a aceleradora comemorou o fato de diversos outros fundos participarem junto na rodada, mesmo em um cenário de baixa no venture capital. “O investimento mostra que, mesmo em um momento de retração de mercado, nossos investidores seguem acreditando e apoiando startups com ótimas soluções e grande potencial de crescimento em todas as etapas de sua trajetória”, explica Guilherme Kudiess, diretor de operações da Ventiur.

“O follow on para nós é um momento muito importante, escolhemos a dedo as startups em que vamos reinvestir. A ContaÁgil passou por todo uma revalidação que nos mostrou que escolhemos bem lá atrás e que o caminho é continuar crescendo.”, complementa João Kepler, CEO da Bossanova.

“Estamos felizes em acompanhar a consolidação da ContaÁgil. Trata-se de uma solução que tem se provado essencial neste cenário de crescimento das micro e pequenas empresas. A nova rodada só ressalta a confiança que temos na expansão do negócio”, concluiu Franco Pontillo, gestor do Fundo Anjo e sócio da DOMO Invest.

OPINIÃO

Veja todas as opiniões