fbpx

Junte-se agora e acesse (antes de todos) as principais notícias de tecnologia e startups. clique aqui

Deel lança cartão de crédito para freelancers brasileiros

Novidade pode ser usada para fazer saques, transferências e realizar compras online e em lojas físicas em qualquer país

Por Fabiana Rolfini, em 14 de julho de 2021

0Shares

A Deel, startup americana especializada em gestão de pagamento para equipes remotas internacionais, anuncia seu primeiro lançamento no mercado brasileiro, onde desembarcou em abril. Agora os profissionais remotos contratados por meio da plataforma têm à disposição o Cartão Deel, um cartão de crédito pré-pago de bandeira Visa que pode ser usado para fazer saques, transferências e realizar compras online e em lojas físicas em qualquer país. Compatível com o Google Pay, em breve ele também será integrado ao Apple Pay.

Para ter acesso ao cartão, basta ter um contrato ativo com um cliente verificado da Deel – são mais de 2,4 mil espalhados pelo mundo. Freelancers podem criar um cartão virtual instantaneamente e adicionar fundos tanto pelo app da startup como na versão web. Todas as transações podem ser acompanhadas em tempo real pela plataforma, onde inclusive pode ser feito o bloqueio imediato do cartão, em caso de “deu ruim”. Para quem prefere usar um cartão físico, ele é entregue de 5 a 9 dias úteis após a solicitação.

A grande sacada é dar aos profissionais remotos acesso instantâneo aos seus salários assim que são pagos. O pagamento recebido pode ser mantido em uma moeda que esteja em ascensão, como o dólar. Diferente do PagSeguro, por exemplo, o depósito pode ser feito em outras moedas e não só em reais.

“Economizar com as altas taxas de transferências internacionais e contar com uma transação cambial de segurança são as principais vantagens que oferecemos com o Cartão Deel”, reforça Cristiano Soares, diretor da Deel no Brasil. Ele cita a taxa Swift, cobrada pelos bancos para este tipo de transação, como exemplo de custo (e atraso) eliminado pela novidade.

A expectativa, segundo Cristiano, é de que 100% da base de prestadores de serviço da plataforma adquiram o cartão até agosto.

Hoje, profissionais freelancers brasileiros têm encontrado mais oportunidades fora do país por conta do trabalho remoto e pelo potencial de ganhos em moeda estrangeira aproveitando a desvalorização do Real. As principais opções usadas por eles têm sido a Wise (antiga TransferWise) e a Remessa Online.

Deel no Brasil

O Brasil é visto pela Deel como o principal mercado na América Latina (a empresa também atua na Colômbia e Mèxico).

A chegada aqui aconteceu após a empresa receber, em abril, um aporte de US$ 156 milhões em rodada série C liderada pelo YC Continuity e pelos atuais investidores Andreesen Horowitz e Spark Capital. Com a grana, a empresa foi avaliada em US$ 1,25 bilhão, tornando-se um unicórnio.

Pela plataforma da startup, empresas podem contratar qualquer pessoa, de qualquer país, sem burocracia. Todos os trâmites burocráticos contam com apoio de um time de mais de 250 advogados espalhados pelo mundo, encarregados de organizar a legislação trabalhista de cada país em que a Deel atua.

Jornalista com 10 anos de experiência no mercado de TI corporativa dedicados à apuração e produção de reportagens sobre tecnologia, negócios, finanças e carreira, incluindo a cobertura de eventos internacionais. Tem passagens por veículos e empresas de mídia de destaque do segmento, como TI Inside e IT Mídia.

error: Alerta Conteúdo Protegido