fbpx

Junte-se agora e acesse (antes de todos) as principais notícias de tecnologia e startups. clique aqui

Depois do IPO da dLocal, Ebanx levanta mega rodada de US$ 430 milhões

Aporte da Advent International apoiará a fintech em seu potencial IPO, na expansão do negócio, atração de talentos e potenciais aquisições

Por Fabiana Rolfini, em 15 de junho de 2021

0Shares

Duas semanas depois de a uruguaia dLocal fazer uma pomposa estreia na Nasdaq, a brasileira Ebanx anunciou um novo aporte que a deixa mais próxima de debutar na terra do Tio Sam. O investimento de US$ 430 milhões foi feito pela Advent International, e é o maior cheque já assinado pela gestora – que ganhou uma boa grana vendendo o BIG para o Carrefour – para empresa latino-americana de tecnologia.

Esta inclusive é a 1ª vez na história que os 4 veículos de investimento geridos pela Advent investem num mesmo negócio. São eles Latin American Private Equity Fund (LAPEF), Global Private Equity (GPE), Advent Tech (AGT) e Sunley House Capital (SH). A companhia já investiu em 30 empresas no Brasil e América Latina, incluindo CI&T, Easynvest e Grupo Fleury.

O investimento foi dividido em duas partes: US$ 400 milhões agora e outros US$ 30 milhões de comprometimento para apoiar um futuro IPO da Ebanx. Após o aporte, a Advent entra como sócio minoritário e os fundadores da fintech permanecem como majoritários. O fundo americano FTV Capital, que investiu na empresa curitibana em outras rodadas, continua entre os sócios.

A maior parte da mega rodada será usada para expansão do negócio, atração de talentos e potenciais fusões e aquisições, mirando a consolidação de sua atuação na América Latina e preparando terreno para o IPO. Nos dias seguintes ao seu IPO a dLocal chegou a valer US$ 11 bilhões, mas hoje está no patamar de US$ 9 bilhões. Em 2020 a companhia teve uma receita de US$ 104 milhões. Hoje ela anunciou um acordo com a Amazon pelo qual vendedores estrangeiros poderão colocar seus produtos à venda no marketplace da companhia.

Segundo a Ebanx, por meio de suas soluções financeiras, mais de 70 milhões de consumidores latino-americanos já pagaram pelos produtos e serviços de empresas como Spotify, Uber, Shopee, Alibaba e Amazon. A empresa cresceu em um ritmo exponencial nos últimos anos e processou mais de 145 milhões de transações só em 2020.

Em outubro de 2019 a Ebanx tornou-se o primeiro unicórnio brasileiro nascido na região Sul, ultrapassando valorização de US$ 1 bilhão, com um aporte da FTV Capital de valor não revelado.

Jornalista com 10 anos de experiência no mercado de TI corporativa dedicados à apuração e produção de reportagens sobre tecnologia, negócios, finanças e carreira, incluindo a cobertura de eventos internacionais. Tem passagens por veículos e empresas de mídia de destaque do segmento, como TI Inside e IT Mídia.