fbpx
Compartilhe

Mega rodada de US$ 175 milhões liderada pela Vulcan Capital transforma a companhia no 11º unicórnio brasileiro.

Enquanto você ainda está aí na boa, se recuperando das festas de fim de ano, a terra está girando e os unicórnios nascendo por aí. 

A Loft acabou de entrar para essa lista com um aporte de US$ 175 milhões em uma mega rodada de série C liderado pela Vulcan Capital, fundo do cofundador da Microsoft, Paul Allen, que faleceu em 2018) que fez seu primeira incursão na América Latina.

Andreessen Horowitz, Fifth Wall Ventures, QED Investors, Thrive Capital, e os brasileiros Monashess, Canary e Valor Capital acompanharam o investimento.

Com essa rodada, a Loft chega a US$ 273 milhões captados em um ano e meio de operação. 

Os recursos serão usados para financiar o projeto de expansão da companhia, que está ampliando sua presença em São Paulo e também entrando em outras cidades – começando por Rio e Cidade do México e com planos de chegara a Belo Horizonte, Curitiba e Porto Alegre em 2020.

Destaque: Em 3 de janeiro de 2018, o Brasil ganhava seu primeiro unicórnio, a 99. Exatamente dois anos depois, com a Loft, a lista chega a 11. Se a média for mantida, até o fim do ano serão pelo menos 16. E candidatos é o que não falta.

O mercado imobiliário talvez já tenha dado suas contribuições com Quinto Andar em setembro e agora com a Loft. Mas o segmento continuará aquecido eo longo do ano com nomes como a imobiliária EmCasa e a Home Hero, de reformas, podendo chamar a atenção.

Como já havia sido falado na edições 1 e 2 deste CODEX, o mercado imobiliário está em ritmo de festa embalado pela perspectiva de melhora da economia e do aumento da demanda com a queda nos juros.

OPINIÃO

Veja todas as opiniões