fbpx
Compartilhe

O iFood firmou uma parceria com a Escola Britânica de Artes Criativas e Tecnologia (EBAC), para oferecer 350 bolsas de estudos no formato digital a entregadores parceiros.

Pela parceria, serão oferecidos R$ 1 milhão em bolsas, dando aos colaboradores selecionados acesso a mais de 130 cursos online. Segundo destacou o iFood em nota, o portfólio da EBAC inclui programas nas áreas de design, software, programação, digital, marketing, audiovisual, moda, games e negócios.

Entre as opções, há desde cursos de qualificação com dois meses de duração, até mais extensos, que podem ter mais de um ano de duração. Os alunos não precisam ter conhecimento prévio do tema escolhido.

Conforme destacou a foodtech em comunicado, o programa tem a meta de promover impactos de longo prazo em seus participantes, fornecendo conhecimento que poderá “alavancar uma nova carreira profissional para entregadores parceiros”.

Para ser elegível ao programa, o entregador ou entregadora deve estar ativo na plataforma do iFood há pelo menos três meses, sem ter recebido outra bolsa para educação em outros programas oferecidos pelo iFood Decola, programa da empresa que oferece cursos à rede de parceiros. As inscrições já estão abertas neste link.

Segundo destacou em nota o presidente do iFood, Fabrício Bloisi, a parceria ajudará a foodtech a oferecer aos entregadores parceiros mais opções de formação, do nível básico até as mais especializadas. “Por meio de parcerias como essa (com a EBAC), conseguimos dar acesso a oportunidades de capacitação que tem um alto potencial de transformação individual e que se estende a suas famílias e comunidades”, disse Bloisi em comunicado.

Desafio de Web 3.0

Mudando um pouco de assunto (mas não muito), o iFood também anunciou que abriu inscrições para o seu Desafio de Web 3.0, que selecionará 10 projetos para a fase de análise e possível entrada no iFood Labs, hub de inovação da foodtech.

Em nota à imprensa, a empresa destacou que o chamado para o desafio tem o objetivo de incentivar startups, universidades e entusiastas de inovação de todo o Brasil a mostrar ideias que resolvam problemas de negócio para a Web 3.0, mostrando também o valor da sinergia do negócio com o iFood.

As inscrições estão abertas até o dia 15 de julho (mais precisamente amanhã), no portal do iFood Labs.

OPINIÃO

Veja todas as opiniões