fbpx
Compartilhe

Troca de comando na curitibana Ebanx. A fintech, que oferece soluções de pagamento da América Latina a sites nacionais e internacionais, anuncia seu cofundador João Del Valle como novo presidente da empresa. Seu outro cofundador, Alphonse Voigt, que liderou a companhia desde sua fundação, há 9 anos, passa a chefiar o Conselho Administrativo.

Del Valle atuava há 3 anos como diretor de operações, estando a frente de projetos como a iniciativa Push LatAm, de expansão dos negócios da Ebanx para novos países latino-americanos, inclusive na América Central e Caribe. Anteriormente, foi diretor de tecnologia da empresa.

As mudanças não param por aí. O terceiro cofundador da fintech e diretor financeiro, Wagner Ruiz, torna-se diretor de risco, passando o cargo para Alexandre Dinkelmann, ex-BTG, TOTVS e Onyo (vendida para a Alelo no começo de 2020 e renomeada como Pede Pronto).

“O caminho que queremos para o Ebanx está muito claro para nós três, cofundadores: foco na missão de prover acesso na América Latina, através de tecnologia, velocidade, consistência e qualidade de execução”, afirmou Del Valle, em comunicado.

Em outubro de 2019 a Ebanx tornou-se o primeiro unicórnio da região Sul, ultrapassando valorização de US$ 1 bilhão, com aporte do fundo americano FTV Capital, de valor não revelado. Meses depois, lançou sua conta digital Ebanx Go para o consumidor final. Em novembro passado, tornou-se parceira exclusiva da Uber para processamento de pagamentos de viagens e pedidos pelo Uber Eats feitos com PIX.

OPINIÃO

Veja todas as opiniões