fbpx
Compartilhe

Eduardo Saverin, o empreendedor brasileiro famoso por ser um dos parceiros de Mark Zuckerberg na criação do Facebook, está pronto para lançar seu primeiro fundo voltado a startups de estágio inicial. Para isso, a B Capital Group, a gestora do executivo, acabou de fechar uma captação de US$ 250 milhões.

Segundo informações da Bloomberg, o Ascent Fund tem como plano investir em rodadas seed com cheques de até US$ 2 milhões, e em rodadas série A com aportes de US$ 6 milhões a US$ 8 milhões. Dos tipos de startups a serem investidas, o interesse é em base tecnológica, com soluções de computação neural, robótica industrial e outras.

O Ascent Fund terá como gestores os sócios Gabe Greenbaum e Karen Page e representa uma mudança de ares para a B Capital. Com mais de US$ 6 bilhões em ativos sob sua gestão, a maioria dos investimentos da empresa estão em negócios mais avançados.

Contudo, nos últimos anos a gestora começou a experimentar com aportes menores, e agora resolveu dar um passo definitivo nesta direção, criando um fundo early stage aberto a investidores externos. Até então, a maioria dos aportes da B Capital saíam dos bolsos dos próprios sócios.

Além da empresa de Saverin, a First Round Capital, do investidor Howard Morgan, também participa do Ascent Fund. Ao falar com a Bloomberg, Morgan mostrou-se animado com o mercado de startups na parte de baixo da pirâmide, mesmo em um cenário em que os investimentos de venture capital passam por contração. “O early stage é bastante imune aos ciclos de mercado”, avalia Morgan.

E parece que não é a apenas a B Capital que pensa assim. Esta semana, a AM Ventures, outro fundo norte-americano, lançou seu fundo early stage, com US$ 100 milhões destinados a negócios de base tecnológica. No mês passado, a toda poderosa Sequoia Capital também separou uma grana alta – US$ 2,85 bilhões – em três pools de capital, incluindo um com foco em startups de estágio inicial no mercado indiano e asiático.

OPINIÃO

Veja todas as opiniões