fbpx
Compartilhe

Sextamos com novidade para o ecossistema de e-commerce. A Locaweb anunciou hoje a criação de um fundo de CVC para investir R$ 100 milhões em startups e companhias dentro de suas áreas de atuação, principalmente no segmento de comércio eletrônico. Os aportes serão feitos em até 4 anos, através de um fundo de investimento em participações (FIP) e geridos pela Valetec Capital Investimentos.

Em um primeiro momento, ela não realizará investimentos para controlar ou influenciar significativamente as companhias investidas. “Apoiaremos essas startups e seus fundadores para que elas consigam realizar seu plano de negócios e, quem sabe, um dia possam vir a se tornar uma subsidiária integral da Locaweb”, afirma a empresa em comunicado. A ideia é conseguir acessar e apoiar empresas que têm um porte menor e que às vezes ela deixa passar em sua estratégia de M&A.

Segundo a Locaweb, as startups enxergam em suas soluções uma parceira capaz de ajudá-las com orientação, experiência e uma fonte para acessar sua base com mais de 600 mil clientes. E, como os aportes de capital não serão relevantes em porcentual de valor de mercado da empresa, não serão divulgados no momento em que forem realizados, sendo anunciados conforme se tornarem importantes para a companhia, por seu tamanho, representatividade ou valor de mercado.

A vez do CVC

Uma das estratégias de inovação aberta que mais cresce nos últimos anos é o Corporate Venture Capital (CVC). Os investimentos feitos por empresas já estabelecidas em startups são uma forma de entrarem em contato com o que há de mais inovador no mercado, além de diversificar a fonte de renda da companhia. 

Outra empresa atenta ao cenário é a Totvs. A companhia anunciou em novembro que, próximos 4 anos, vai desembolsar R$ 300 milhões para investimentos em startups com grande potencial de crescimento e capacidade de inovação, por meio de aquisições de participações minoritárias. O movimento estratégico será feito através de um CVC gerido pela Citrino.

Segundo estudo do Distrito, somente nos 7 primeiros meses deste ano, o volume de aportes de fundos de CVC no Brasil chegou a US$ 622 milhões, triplicando o valor investido em 2020. No cenário econômico global, os investimentos de capital de risco corporativos já se aproximam de US$ 80 bilhões só em 2021. 

OPINIÃO

Veja todas as opiniões