fbpx
Compartilhe

A Locaweb anunciou hoje (5) que a Tray, sua subsidiária especializada em comércio eletrônico, comprou 100% da startup Síntese Soluções, plataforma especializada em soluções de omnicanalidade para o varejo. A compra de R$ 35,2 milhões é a primeira da Locaweb em 10 meses, depois de um movimento agressivo de aquisições no ano passado.

Em recente entrevista ao Startups, o diretor-executivo da Locaweb, Fernando Cirne, disse que a companhia reduziu o ritmo dos M&As diante do cenário macroeconômico, mas que não estava parada nesse sentido. “Continuamos mapeando o mercado e as negociações seguem acontecendo”, adiantou o executivo. Segundo Fernando, o foco do M&A é fisgar empresas com cerca de R$ 10 milhões e R$ 15 milhões de faturamento. Negócios menores são considerados para o braço de corporate venture capital.

Em comunicado, a Locaweb Company disse que a aquisição da Síntese Soluções reforça sua estratégia de avançar na digitalização do varejo, agora com foco em lojas físicas. “Impossível pensarmos em e-commerce e físico de maneira apartada, se nossos clientes vão explorar o máximo que a operação pode dar em prol de resultado e experiência para o consumidor final, nós precisamos fazer parte dessa jornada”, afirma Alessandro Gil, diretor executivo de plataformas enterprise – SaaS e Commerce da Locaweb, em comunicado.

A Síntese Soluções foi fundada em 2013, em São Paulo, e oferece soluções de sistema de gerenciamento de pedidos), e-commerce atacado e sistema de gerenciamento de armazém. A companhia registrou crescimento anual composto entre 2018 e 2021 de 45% e afirma ter rentabilidade positiva. A startup atende clientes como Aramis, Grupo Soma, Reserva, Shoulder e Track & Field, com o objetivo de otimizar as operações PMEs integrando oa operação dos pontos físicos com o ambiente digital.

Os sócios fundadores da Síntese, Flávio Santos, Everton Geronimo, Leandro Rocha e Tiago Carvalho, seguirão na operação junto a todo o time de colaboradores. “Para darmos os próximos passos precisávamos de um parceiro estratégico, que nos desse a autonomia e estrutura para seguirmos os planos”, pontua Flávio, que além de cofundador é diretor da startup.

A estratégia M&A não é novidade para a Locaweb. A companhia fez mais de 13 aquisições desde o seu IPO em 2020. Só no ano passado, foram 10 – Squid, Bagy, Octadesk, Bling, Samurai, Dooca, Credisfera, ConnectPlug, Social Miner e Vindi.

“Estamos animados com mais esse importante movimento de M&A, que reforça o nosso compromisso com os acionistas de fazer aquisições que complementem nosso portfólio de soluções”, afirma Rafael Chamas, diretor financeiro da Locaweb. Ele acrescenta que ao olhar para os possíveis parceiros, busca empresas que atendam requisitos de qualidade do produto, retenção dos fundadores e potencial de geração de valor com a nossa base de clientes.

OPINIÃO

Veja todas as opiniões