fbpx
Compartilhe

Em sua 5ª aquisição desde o IPO, a Neogrid, empresa de software as a service para a gestão de cadeias de suprimentos, comprou 51,1% da Predify, plataforma de otimização de preços para produtos e serviços, por R$ 4,35 milhões. A aquisição chega para ampliar o portfólio de ferramentas com insights estratégicos de precificação por meio de inteligência artificial e big data. 

“Seguimos com o objetivo de ampliar nosso ecossistema com negócios complementares. Por usar uma IA transparente, a Predify tem logo de início sinergia com todas as soluções da Neogrid e com as de startups recentemente adquiridas”, disse Eduardo Ragasol, diretor-executivo da Neogrid, em comunicado. ele se refere à plataforma de gestão de promoções da Smarket e a de alocação de verbas comerciais da Arker. Segundo o executivo, a Predify ainda traz como vantagem a possibilidade de gerar valor para os clientes internacionais da Neogrid.

A solução da Predify formula preços de acordo com as estratégias de crescimento, satisfação do consumidor, qualidade dos produtos, variação nos custos de compra ou produção, margem ideal e condições do mercado. Além disso, permite a comparação dos preços de seus produtos com os da concorrência em um banco de dados com mais de 10 milhões de produtos monitorados.

“Os preços impactam diretamente na saúde financeira das empresas e erros podem levá-las inclusive à falência”, explica David Abuhab, diretor de estratégia da Neogrid. como vantagens da parceria, ele destaca que o algoritmo da Predify pode ser aplicado com eficiência em vários cenários, seja nos elos da cadeia ou em segmentos diversos, como varejo, indústria e financeiro.

Para Carlos Eduardo Schmiedel, diretor-executivo da Predify, a incorporação vai acelerar o crescimento da companhia. “A Neogrid é uma empresa consolidada e com muito conhecimento sobre nosso mercado. Esse movimento representa um grande avanço na busca pelo objetivo de sermos uma das principais plataformas de precificação por Inteligência Artificial do mundo”, afirma o executivo, também em comunicado.

A Neogrid fez sua estreia na B3 em dezembro do ano passado, quando captou R$ 486 milhões em sua oferta de ações. Na época, a companhia havia adiantado que pretendia usar o dinheiro para crescer via aquisições. As compras começaram em julho, com a integração da startup catarinense Smarket. Depois, vieram a Horus, Arker e a Lett, startup mineira especializada em soluções para e-commerce e trade marketing digital, por R$ 38,5 milhões.

OPINIÃO

Veja todas as opiniões