fbpx
Compartilhe

A startup mineira Nvoip está fazendo o seu primeiro M&A, com a compra da plataforma Mais.im. Com a aquisição, de valor não divulgado, o objetivo é incrementar a solução SaaS de comunicação online da empresa, baseada em comunicação por voz e APIs de inteligência de dados, com recursos de chat e mensagens via WhatsApp.

“A adição dos serviços da Mais.im ao nosso portfólio oferece melhorias na comunicação externa e interna dos clientes. Os principais ativos de uma empresa são seus clientes e colaboradores, portanto, ambos são os públicos-alvo de uma comunicação integrada eficiente”, destacou Leandro Campos, cofundador e CEO da Nvoip, em entrevista ao Startups.

Com a solução revisada e ampliada, o plano da empresa é praticamente dobrar sua base até o final do ano, saltando dos atuais 5,200 clientes atendidos para 10 mil. Até 2025, a meta é bater a marca de 50 mil empresas utilizando a plataforma, atingindo um faturamento anual de R$ 100 milhões – a empresa não deu números de faturamento atual.

De acordo com o CEO, que cofundou a Mais.im com a empreendedora Irina Campos, o investimento para a aquisição de uma solução dedicada de chat foi saiu de um aporte seed que a companhia recebeu ainda em 2020. A companhia recebeu um aporte de R$ 3 milhões da BR Angels e Cedro Capital, com follow-on da Bossanova.

“É uma startup pequena, mas que já atende clientes grandes e que agrega valor ao nosso produto, com uma solução pronta pra escalar”, afirma Campos, explicando também que a solução será incluída gratuitamente para clientes da Nvoip com planos em tiers mais altos.

Foto de Irina Campos e Leandro Campos, fundadores da Nvoip - Startups
Irina Campos e Leandro Campos, fundadores da Nvoip

A expectativa do CEO é que os recursos de chat ajudem no upsell de usuários nos planos mais básicos e os que usam a versão freemium – a versão gratuita do Nvoip conta com cerca de 80 mil usuários ativos.

Nova rodada

Por falar em investimentos, a Nvoip está em meio a uma captação série A. De acordo com o CEO, a startup já está em conversas com fundos nacionais para levantar a nova rodada, e o plano é concluir esse esforço nos próximos seis meses.

“Estamos falando com novos players interessados, e dois dos fundos que investiram anteriormente na gente devem entrar com follow”, afirmou Leandro, sem dar detalhes sobre os nomes.

Para o CEO, o novo aporte será um divisor de águas, e será um impulso importante para escalar a base de clientes (via investimentos em marketing) e desenvolver recursos adicionais de inteligência à plataforma.

“Sabemos que nadamos em um mar vermelho no mercado de telefonia e comunicação, competindo com players regionais e grandes operadoras, mas confiamos na qualidade da nossa solução, o que nos rendeu um crescimento orgânico sólido nos últimos anos”, avalia Leandro.

Outro investimento previsto pela empresa é a de intensificar a presença internacional do produto, com o lançamento de uma versão em espanhol. Atualmente, a oferta da Nvoip está disponível em português e inglês, o que já rendeu cerca de 50 clientes nos Estados Unidos e partes da América Latina.

OPINIÃO

Veja todas as opiniões