fbpx
Compartilhe

A proptech QuintoAndar acaba de adquirir a Velo, uma plataforma de locação de imóveis que descarta a necessidade do fiador para reduzir os trâmites burocráticos. Com a incorporação, o unicórnio brasileiro de compra, venda e aluguel de imóveis quer ampliar o portfólio de produtos oferecendo às imobiliárias uma experiência mais completa para tocar os negócios.

A operação acontece 5 meses depois de a principal concorrente da companhia, a Loft, ter comprado a Credpago também com o objetivo de oferecer a opção de aluguel sem fiador à sua base de clientes.

A Velo

Criada por Alberto Stein, Bruno von Hertwig, Anderson Felício e Paulo Cantoli, a Velo nasceu em 2019, na cidade de Blumenau (SC), com a missão de facilitar o processo de locação de imóveis para locadores, locatários, corretores e a própria imobiliária. Sua plataforma digital permite controlar as locações, enviar propostas, acompanhar o status e analisar o painel de indicadores em um único lugar. A empresa garante que o pagamento do imóvel esteja em dia e oferece suporte online com direito a assessoria jurídica.

“A Velo é a empresa que mais cresce no seu segmento. Foi 5 vezes no último ano, exatamente por conta da qualidade da sua solução e a capacidade de execução de seu time vai nos ajudar a construir uma oferta única e totalmente pensada para as imobiliárias, contribuindo para a conversão e rentabilidade com rapidez”, diz Gabriel Braga, cofundador e diretor-executivo do QuintoAndar, em comunicado.

Mesmo sob o guarda-chuva do unicórnio, a startup continua a ser liderada pelos cofundadores. As imobiliárias parceiras ainda serão atendidas pelos times atuais, sem interrupções ou impacto nos serviços prestados.

Gabriel Braga e André Penha, fundadores do QuintoAndar

Estratégia de M&A

O QuintoAndar, que já está presente em mais de 40 cidades brasileiras, tem apostado em aquisições para acelerar o crescimento. Em novembro de 2020, adquiriu a SíndicoNet, especializada em conteúdo e marketplace de serviços para condomínios. Em março deste ano, incorporou a imobiliária Casa Mineira, que na época tinha R$ 2,5 bilhões em ativos sob gestão e uma carteira de 17 mil imóveis.

Em setembro, foi a vez da Atta, empresa de crédito imobiliário fundada em 2014. Ela opera com uma rede de 113 franqueados, que oferecem serviços financeiros a mais de 1500 imobiliárias e consultores autônomos em todo o país. A aquisição aconteceu 1 mês depois de a proptech levantar uma extensão de US$ 120 milhões para a sua rodada Série E, que já havia captado US$ 300 milhões em financiamento. O aporte elevou o valor de mercado da companhia para US$ 5,1 bilhões.

Segundo o QuintoAndar, a combinação desses produtos, juntamente com a solução da Velo, ajudam a solucionar as principais dores das imobiliárias. “Nós somos obcecados em oferecer a melhor experiência possível para nossos clientes, e estamos investindo em levar o mesmo para os nossos parceiros”, afirma Gabriel.

Para Anderson Felício, da Velo, a parceria com o QuintoAndar vai ajudar ainda mais os clientes. “Ficamos muito entusiasmados com a estratégia clara que o QuintoAndar tem para potencializar o crescimento das imobiliárias. A complementaridade da nossa experiência com a expertise deles vai nos permitir fazer o que sempre imaginamos em uma escala muito maior: simplificar e facilitar os processos e transações para todos os elos da cadeia de moradia”, diz, em comunicado.

OPINIÃO

Veja todas as opiniões