fbpx
Compartilhe

Após abrir a carteira para comprar 2 startups do segmento automativo, o Santander Brasil agora se dedica a ampliar seus negócios imobiliários. O banco anunciou hoje a aquisição da Apê11, proptech que conecta vendedores a compradores de imóveis residenciais. Pelo acordo, de valor não divulgado, a instituição passará a deter 90% de participação no capital social da Apê11.

Criada em 2018, a Apê11 é um marketplace colaborativo que atualmente contempla imóveis localizados na cidade de São Paulo. A plataforma combina big data e inteligência artificial para oferecer um ambiente intuitivo, similar ao das plataformas de streaming. Ela indica imóveis ofertados pela rede de parceiros com base nos perfis de interesse dos clientes.

“Nosso foco é a construção de um ecossistema imobiliário. Com a expertise da plataforma, teremos mais assertividade e conversão das transações, reduzindo sobreposições de atividades e englobando boa parte dos processos imobiliários, elevando a qualidade da experiência do cliente”, afirmou Sandro Gamba, diretor de negócios imobiliários do Santander, em nota.

Para a Apê11, o negócio vai possibilitar sua expansão nacional, além de dar mais capacidade para inovar em produtos e serviços para os clientes finais, que ganharão mais opções e formatos na transação de imóveis.

A transação ainda está sujeita à aprovação das autoridades e irá envolver a compra de ações e aumento de capital.

OPINIÃO

Veja todas as opiniões