fbpx
Compartilhe

A fintech mexicana de serviços financeiros para pequenas e médias empresas Konfío levantou uma série E de US$ 125 milhões. A rodada foi liderada pela LGT Lightrock, gestora financiada pela monarquia do principado de Liechtenstein, que encabeçou o aporte de R$ 700 milhões da Buser há 2 semanas, e é investidora da Creditas – que está no México com algumas ofertas para pequenas e médias empresas.

SoftBank, VEF, Kaszek, QED Investors e IFC, que já eram investidores, participaram. O fundo Tarsadia Capital também entrou como novo acionista.

A rodada acontece 18 meses depois de a companhia ter levantado US$ 100 milhões na rodada anterior, liderada pela SoftBank, e 9 meses depois dela ter acessado uma linha de US$ 58,8 milhões com o BID Invest, braço de investimento do banco, voltada especificamente a iniciativas para ampliar a concessão de crédito para mulheres.

Série E

A ideia é usar os recursos da nova rodada para expandir o portfólio em 3 áreas principais: crédito, ferramentas de gestão empresarial e processamento de pagamentos. Além disso, a fintech pretende continuar sua estratégia de aquisições. A companhia ainda não fala em cruzar a fronteira do México em direção aos países do Sul do continente.

“Em um ano desafiador em que o crédito dos bancos tradicionais caiu mais de 10% em termos reais, graças à tecnologia proprietária da Konfío, conseguimos aumentar nossa carteira de crédito em 20% em 2020. As portas da Konfío têm permanecido e permanecerão abertas a clientes sem histórico conosco, à medida que continuamos no caminho para mais do que dobrar nossa carteira de crédito em 2021. Hoje, nossa oferta de produtos não se limita apenas a crédito, e continuaremos a expandi-la”, disse David Arana, presidente e fundador da Konfío em comunicado.

“Estamos orgulhosos em poder apoiar uma empresa líder, que está transformando os serviços financeiros no México e aproveitando o poder dos dados para construir soluções integradas sob medida para as PMEs”, disse Marcos Wilson Pereira, managing partner da LGT Lightrock.

OPINIÃO

Veja todas as opiniões