fbpx
Compartilhe

A SoftBank, que já foi apelidada de “baleia da Nasdaq” por turbinar a valorização das ações de companhias do setor de tecnologia na bolsa americana segue firme no seu propósito de ser a bal… opa… a grande promotora do ecossistema de startups na América Latina. Por uma coincidência astral (ou será que não?) o grupo japonês foi o nome comum em 3 anúncios de rodadas de investimento no Brasil hoje: unico (assim mesmo, em caixa baixa, antes conhecida como Acesso Digital), Omie e Avenue Securities. Somados, os 3 aportes ultrapassam R$ 1,3 bilhão – ou seja, já são US$ 260 milhões para a conta do mês de julho, viu, Distrito.

Vamos por partes. Com o aporte de R$ 625 milhões feito em conjunto com a General Atlantic, a idtech unico entrou para a categoria dos unicórnios, valendo US$ 1 bilhão. A companhia especializada em autenticação via biometria facial havia recebido uma outra rodada de R$ 580 milhões pelos mesmos fundos, há quase 1 ano. A nova bolada será usada para ampliar o desenvolvimento de tecnologia proprietária e para aquisições. O Brazil Journal acrescenta à lista novas contratações e a estruturação de um plano de internacionalização. Atualmente, a companhia tem cerca de 800 empresas clientes, incluindo Magazine Luiza, Pernambucanas, C6Bank, Banco Original e B2W.

Já o investimento feito na Omie, plataforma de gestão (ERP) focada em médias empresas, foi de R$ 580 milhões. A rodada foi seguida pelos fundos Riverwood, Dynamo, Velt, Bogari Capital, Hix Capital e Brasil Capital. A empresa pretende, com o dinheiro, atrair clientes, ampliar canais de distribuição e ofertas de mais serviços financeiros como crédito, gestão de caixa e cobrança. Recentemente, a Omie se aliou ao Itaú Unibanco para oferta conjunta de ERP e serviços financeiros para cerca de 1,5 milhão de empresas.

Expansão no Brasil

Por fim, e não menos importante, a Avenue Securities recebeu R$ 150 milhões do em rodada de série B. O fundo Igah Ventures também participou da transação. Diversificar seu portfólio de produtos, ampliar recursos para investimentos em infraestrutura tecnológica e ampliar seu quadro de colaboradores para operar diferentes filiais da corretora no Brasil e no exterior. Estes são os planos da Avenue com o novo aporte. A empresa tem mais de 300 mil clientes e o valor de ativos sob gestão chega a US$ 1 bilhão. A rodada vem uma semana depois de a Nomad, que também quer ser o banco dos brasileiros no exterior, ter anunciado uma rodada de R$ 100 milhões.

ANÁLISES

Veja todas as análises