fbpx
Compartilhe
  • Stefanini comprou a Mozaiko, que atua com RFID e internet das coisas voltada para o varejo. O valor da operação não foi revelado.
  • Grow está em busca de um parceiro para retomar o serviço de compartilhamento de bicicletas. A ideia é fazer algo na linha da Tembici com o Itaú. A companhia já tinha cantando essa bola quando anunciou sua reestruturação no fim de janeiro.
  • Abstartups anunciou mudanças em sua diretoria. Sai Rafael Ribeiro, que ficou mais de quatro anos no cargo de diretor executivo, e entra José Muritiba, que já foi diretor comercial da associação. A vice-presidente Tânia Gomes Luz também deixou a Abstartups. Amure Pinho, cujo mandato terminava ano passado, seguirá no comando da associação até o fim do ano, quando serão feitas eleições para escolha da diretoria para o próximo biênio.
  • Redpoint eventures contratou Carolina Strobel, que mais recentemente era diretora de inovação na Restoque e ficou mais de 16 anos na Intel Capital, para liderar o apoio às empresas dos portfólio.
  • InLoco, que está expandindo sua atuação para os EUA, dividiu sua operação no Brasil em duas unidades de negócio: uma voltada à oferta de mídia usando sua tecnologia proprietária de localização, que será liderada pelo sócio-fundador da companhia, Denyson Messias; a outra que vai ajudar empresas a melhorarem o desempenho de aplicativos que fazem a conexão entre os mundos online e off-line, que será liderada por Rodrigo Junco, vice-presidente comercial da companhia.
  • Os setores de educação e saúde representam cerca de 25% das startups de Goiás e Distrito Federal, segundo o estudo “Goiás e DF Tech Report”, da KPMG com a Distrito. Segundo o levantamento, os segmentos que mais têm startups nessas duas regiões são Edtech (31 empresas), Healthtechs (20 empresas), Fintech (18), Agtech e TI (17 cada), Adtech (16), Legaltech (9) e Construtech (7). Brasília e Goiânia são os principais polos da região.
  • A construtora Vitacon lançou um “concorrente” para a Loft e a QuintoAndar. Com o iBuyer ela também vai comprar imóveis. Nesse primeiro momento, pelo menos, o serviço está disponível apenas para clientes da construtora e para determinados perfis de imóveis.

Download

  • Quer saber as tendências de consumo para 2020? Então dá uma olhada nesse estudo da Euromonitor.
  • Silicon Valley Bank fez o 2020 Global Startup Outlook, com as perspectivas das startups para o ano. Spoiler: a maioria acha que o ano será melhor que 2019.
  • Todo ano, o Pitchbook faz o Annual Global League Tables, um compilado do que aconteceu nos mundos de private equity e venture capital no ano anterior.

OPINIÃO

Veja todas as opiniões