fbpx
Compartilhe

A RD Station fechou sua 1ª aquisição depois de ter sido comprada pela TOTVS no ano passado: a cearense Tallos, startup especializada em atendimento multicanal via chatbots.

A empresa catarinense comprou 100% do capital da Tallos à vista, pelo valor de R$ 6,7 milhões. O contrato ainda prevê o pagamento de um valor adicional com base em um potencial valuation futuro, atrelado a receita líquida referente aos dois anos seguintes e ao cumprimento de outras condições. Para esse “bônus”, foi levado em consideração o valor base da empresa no mercado, estimado em R$ 12,7 milhões.

Com presença em todos os estados do país, a Tallos atende cerca de 600 clientes B2B e possui 12 mil usuários em sua base. Além disso, um dado interessante: ela foi a primeira startup cearense acelerada pelo Porto Digital no Recife, ainda na fundação do polo, em 2017. Mesmo com a incorporação, o CEO da Tallos, Arthur Frota, continuará à frente da empresa.

Com a aquisição, a RD Station quer aumentar o seu arsenal de soluções em um segmento chamado de converstational commerce, aumentando a capacidade de seus software entregarem soluções de relacionamento com clientes e prospects em tempo real, de forma automatizada ou humana. Além disso, o plano é reforçar a estratégia de cross selling da RD, ampliando o portfólio em áreas como CRM.

“Entendemos que, mesmo em relações B2B, clientes e prospects atualmente demandam formas imediatas de contato e querem um canal em tempo real para atendimento. Trazendo isso para uma realidade brasileira, a principal ferramenta hoje é o WhatsApp e por isso acreditamos que a Tallos será uma excelente parceira no desenvolvimento de soluções conjuntas”, afirma Eric Santos, fundador e CEO da RD Station, em nota.

Além da Faria Lima para a TOTVS

Essa não é a primeira vez que a Tallos aparece aqui no Startups. Em outubro do ano passado, a empresa contou seus planos na nossa coluna Além da Faria Lima. A empresa teve um crescimento acentuado durante a pandemia, em que os canais digitais de atendimento tiveram um boom de demanda.

Devido ao suporte de sua solução ao WhatsApp, a Tallos conquistou clientes como mais de 80 franqueados da Damásio Educacional, assim como teve um case de sucesso com o Banco do Nordeste, que procurou a startup para fazer sua oferta de microcréditos via Whats. Em 2020, a Tallos cresceu 1000% em relação ao ano anterior.

Em entrevista ao Startups, o CEO Arthur Frota colocou a internacionalização como um dos planos futuros da Tallos. Segundo destacou ele, Chile, Peru e Portugal são os principais países na mira – e veja só, são mercados em que a RD Station está investindo, com o cacife trazido pela TOTVS. A gigante nacional do ERP comprou a RD em março no ano passado por R$ 1,86 bilhão.

A venda da Tallos é o “2º exit” de empresas apresentadas na Além da Faria Lima [ou simplesmente AFL, como gostamos de chamar por aqui]. A série de reportagens, que tem como missão apresentar cases de startups que estão fazendo a diferença fora do radar dos habitantes do Condado, registrou, em janeiro, a venda da Galax Pay para a Celcoin.

OPINIÃO

Veja todas as opiniões