fbpx
Compartilhe

A Totvs acaba de anunciar a compra de 92% da RD Station por R$ 1,86 bilhão. A operação encerra meses de disputa com a Locaweb pela companhia e marca um sinal de vida da companhia de sistemas de gestão ao mercado, depois de perder a disputa pela Linx para a Stone no fim do ano passado.

A operação avaliou a empresa de marketing digital em R$ 2 bilhões e saiu perto do valor antecipado ao Startups por uma fonte próxima à operação em janeiro. O fechamento do negócio depende de aprovação dos órgãos reguladores – o que não deve ser um problema já que não há nenhuma concentração de mercado. As operações serão mantidas independentes. A venda significa uma saída para Astella, Endeavor Catalyst, DGF, Redpoint eventures, Riverwood Capital e TPG Growth. Os fundadores da RD, Eric Santos, Guilherme Lopes, Bruno Ghisi, André Siqueira e Pedro Bachiega se manterão com os 8% restantes da companhia, com possibilidade de fazer earn out. A RD levantou R$ 320 milhões em 4 rodadas desde sua criação em 2011. A mais recente aconteceu em 2019, quando Riverwood e TPG colocaram R$ 200 milhões na companhia.

O valor a ser desembolsado pela Totvs na maior aquisição de sua história representa um múltiplo de 9,7 vezes a receita prevista para a RD em 2021, de R$ 206 milhões – desde 2016, o crescimento anual médio acumulado é de 46%. O múltiplo da operação está na faixa do que empresas de software como serviço são avaliadas nos EUA, mas é bem superior ao que a Totvs normalmente paga em suas aquisições – ao redor de 2 a 3 vezes. O que é um indicativo do apetite da empresa em encontrar novas vias de crescimento.

“Para a TOTVS, a aquisição da RD Station é um marco importante. Representa um passo definitivo na consolidação da dimensão de Business Performance, que é fundamental na estratégia de construção de um ecossistema de tecnologias B2B, composto ainda pelas
dimensões de Gestão e Techfin. A construção desse ecossistema visa aumentar o addressable market, bem como o take rate e também a fidelização de clientes, através do avanço na cadeia de valor gerado aos nossos clientes”, informou a companhia em fato relevante divulgado logo após o encerramento do seu encontro anual com analistas, o Totvs Day. No pregão de hoje, a ação da companhia fechou em alta de 4%.

A operação surpreendeu o mercado, que dava quase como certa a venda para a Locaweb. A companhia comandada por Fernando Cirne acaba de fazer uma captação de R$ 2,7 bilhões em uma emissão de ações, e teria mais encaixe com a RD por conta do seu foco em comércio eletrônico. A venda também chama atenção pelo fato de a RD ser uma das empresas candidatas a unicórnio brasileiros. Mas segundo fontes, a companhia vinha tendo dificuldades em avançar de forma mais acelerada, por isso se juntar a um outro grupo fazia sentido neste momento.

Em entrevista ao Startups em dezembro, quando do anúncio da mudança de marca de Resultados Digitais para RD Station, Bernardo Brandão, vice-presidente de marketing da companhia disse que a companhia tem atualmente 650 funcionários e seu produto é usado por 25 mil clientes em mais de 20 países. No México e na Colômbia, onde ela abriu escritórios há dois anos, são 600 clientes. Com a revisão de investimentos que estavam previstos para o ano por conta da pandemia – que incluiu o congelamento de contrações e a não reposição de cerca de 50 profissionais que deixaram a companhia -, a companhia fechou 2020 em break even.

Leia o fato relevante da Totvs sobre a compra da RD.

ANÁLISES

Veja todas as análises